diHITT - Notícias PARAneura: PARA um dia de chuva
quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

PARA um dia de chuva






Se me perguntassem o que  eu seria na próxima vida
 Respondo sem demora: 
-----CHUVA


 Queria ser chuva Regar as plantações e fazer florescer fruto , flor
 Matar a sede, encher rios e mares
Ser garoa nos  dias calmos
 Ser tempestade nos dias de raiva
Cair pequena, frágil, mas unida ser grande bonita de se ver
Chuva pra ser foto de exposição
Pra ser apreciada da janela
 Chuva pra ter meu som sendo reproduzido em todas as línguas
 Chuva para molhar as lagrimas e confundir a tristeza
Mas sobretudo queria ser chuva, para nos instantes que eu mais preciso molhar a pele de meu amado, sentir nossas temperaturas se fundirem e estar com ele quando o sol não nascer.
Queria ser chuva para penetra-lo a alma e os poros e sentir sua essência mais fiel
 Estar em gotas para senti-lo inteiro e envolve-lo por completo até que ele faça parte de mim.
Se pudesse escolher queria se chuva, mesmo vendo você de longe nos dias nublados isso já me  faria feliz.

 

14 PARA comentar:

Beto de Faria disse...

Eu também quero ser chuva...

Lucas Vinicius disse...

nossa lindo, estou te seguindo não esquece de me seguir

Produção Sem Roteiro disse...

Então que seja chuva ! Lindo texto, de grande sensibilidade ! Ja to seguindo seu blog !

bjo.

R. R. Barcellos disse...

Eu serei então o sol. Vamos fazer um arco-íris?
Beijos.

Anônimo disse...

Fantástico!

Diogo Rocha Braga disse...

Lindo texto...
E se eu fosse a chuva...
Desejaria molhar o seu cabelo,o seu rosto,a sua boca e....
Depois de te ver toda linda e molhada...
Vou ser o sol para
Te enxugar com os meus macios braços e com a minha boca vou sentir o gosto dos seus doces e molhados lábios.
beijos com gosto de quindim e parabéns.
quando a chuva passar,quero te encontrar

marcus disse...

O.O
LINDO NATHY. É TEXTO DE QUEM? SEU? DEU VONTADE DE PLAGIAR...

Anônimo disse...

"Nathy, seu texto está muito bom!"
"A fantasia tem fama de ser a louca da casa." (José Ortega y Gasset)

Vau... disse...

Apesar de gostar de um estilo mais gótico, mais sombrio, gostei de suas poesias, num estilo romântico.

Clarissa disse...

Eu queria ser passarinho...
Pra voar alto, livre, e cantar, cantar, cantar... :)

Alê disse...

Amo a primavera,

É tão repleta de renascimento,

PauloSilva disse...

«Mas sobretudo queria ser chuva, para nos instantes que eu mais preciso molhar a pele de meu amado, sentir nossas temperaturas se fundirem» Todo o poema está fantástico. Parabéns mas esta é a parte com qual mais me identifico! Adorei!

Breno S. Amorim disse...

Gostei do teu blog!
Interessante, o que escreves.

Evandro disse...

Que linda Nathy parabéns, estou a um tempo sem poder visitar o blog estou trabalhando demais e me falta tempo, mas qualquer hora dessas vou ler os posts mais antigos.
Legal que vc tenha mudado a cara do blog, ficou tão bonito quanto a dona, se é que possível isso.
Parabéns linda!
Bjos!

Postar um comentário

PARA quem passar! Obrigada

 
;