diHITT - Notícias PARAneura: Novembro 2013
sábado, 9 de novembro de 2013 4 PARA comentar

PARA O sentimento mais bonito

  E quem lê os textos, sabe que um dia Ele nasceu em minhas historias, Ele junto com Ela formam um casal que descobriu onde o sentimento mais bonito está.

Dedico esse texto para Leonardo Luiz Lima.... enfim Ele tomou forma e corpo..........



Ela de olhos entre meio abertos, ainda consegue pensar, suas pernas e braços já não respondem tão bem quando tinha lá seus 25 anos, por isso prefere escrever ali... , quieta na noite como fazia a anos atras. Hoje já não tem muitas coisas, mas o precioso guarda em sua memoria, as lembranças  de uma vida, de uma estrada. Escuta através dos pensamentos, os gritos de sua mãe quando ficava mais de cinco minutos no chuveiro, as piadas de seu pai sobre seu cabelo embaraçado   e de toda uma vida de cumplicidade com os seus. A mente confusa lhe trazia flashes de muitos instantes de sua vida, recordou gargalhadas e viu muitas lágrimas espalhadas pela sala de estar. Até que em meio a tanta coisa confusa, a vida e o tempo foram coniventes com um reencontro.....

Uma noite, e Ela saiu, sem amor, sem auto estima, sem  cheiro e com grito, o viu no andar de cima, Ele sorria e naquele momento ele lhe deu uma canção. Nunca mais foi igual, a distancia de dias, meses, tornou incerto algo que não tinha chance de acontecer, mas o destino sempre ajuda quem precisa viver mais e sentir mais, Ela precisava sentir, e precisava saber que alguém no mundo também sentia.

Dias e brincadeiras, madrugadas de tristeza, suspiros de saudade, momentos de prazer e alegria, um sorriso que fazia o outro chorar, sorvete na roupa, dança na chuva, solos de guitarra, violão na rua, comida de domingo, sessao cinema  anos 80, abraço leve, abraço de urso, toques, gemidos, compaixão, ternura, mulher, homem, e sonhos.... Ele a tentava convencer da felicidade e Ela achava que não era verdade, que não era digna e que não seria capaz de receber o sentimento mais bonito.

Mente escura, tropeços , erros e choros, Ela precisava cair, Ela precisava errar  mas Ele estava lá, ela enfermou, emudeceu, perdeu a cor e os sentidos, mas Ele estava lá, Ela arrancou seu coração , Ela fez a doer ser verdade, mas Ele estava lá, ela quebrou o perfeito, entortou o certo, e Ele ainda estava lá e quando  Ela não o viu, viu mais que uma ausência, sentiu a permanência da angustia de sentir o amor mais bonito vestido de cinzas.

Correu, tremeu, sofreu e estremeceu, onde estava suas mãos?... já não tinha duas, onde estava seu sorriso?  extinto pelo medo de não ver mais, o motivo de seus estados de alegria. Sem nada, no chão, não mais no ar apenas se calou e sofreu..

Ela só não sabia que precisava viver ainda mais e Ela não o viu , mas Ele sempre esteve lá, correu para seu lugar.. os braços do amor de uma vida de sempres... Não mais emudeceu de dor, mas de amor, sim era amor, era coisa de Deus, era fruto sagrado, anjos e flores cercavam o amor presente, o amor que fazia os corpos serem um, a musica ser constante, ter magia. Conheceram animais segredos, mundos de outros mundos e Ela enfim percebeu no instante de um sorriso o peso e valor do sentimento mais bonito.... o amor


Eles se amaram, não era Ele e Ela, eram ELES,NÓS.. não sei se casaram, não posso dizer que tiveram casa nem filhos, na verdade Ela não me disse nada, só sorriu e porque desse sorriso brotavam lágrimas que traziam a felicidade..


De volta aos seus muitos anos de idade, com verdade no olhar, Ela ainda escrevia todo dia para Ele, o homem de sua vida, aquele que escreveu seus anos mais felizes, sua história mais bonita, tecia vestidos de sonhos pra Ela e era possível sempre fechar os olhos e o ver nos ares com uma guitarra vermelha sorrindo pra ela, em uma noite preparada por anjos.


Assim aconteceu Ela que não tinha certeza de nada, viveu a unica certeza da sua vida.. Ele a acolhendo em seus braços e dizendo.. Te amo anjinho...


A historia mais bonita, o sentimento mais bonito.. Ele e Ela.. enquanto durar o sempre.
 
;