diHITT - Notícias PARAneura: Fevereiro 2011
segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011 0 PARA comentar

PARA menina

me despeço de ti menina, coloco tuas bonecas cobertas em um lenco fino, coloco teu sorriso doce, coloco teus sonhos, tua visao cor de rosa do mundo, tua meninice.
enterro tuas sapequices, teu olhar desmedido, tua carinha de anjo.
enterro tua vida de boa menina, tua rotina de doce e de santa.
enterro tu menina, menina de mamae, menina de papai, menina querida...
menina dos sonhos... te enterro sem velas.. te enterro sem prantos... te enterro sem coroas, pois te ti menina nasce mulher, tu mulher, que vens sofrida, sem pai, nem mae, sem choro, com desejos de mulher, enterro seu coracao menina fraco e inseguro e coloco em ti mulher um coracao selvagem e determinado...
adeus menina leve a certeza de ums vida longa , voce ficou demais,, deixe a mulher viver, deixe ela... ela nao quer ver mais voce aqui..
bem vinda mulher, viva e seja simplesmente aquilo que voce quiser ser.
0 PARA comentar

Parapecado

pecar.... errado........ inferno.........julgamentos............ pessoas............ inferno....... errado?

sequencia logica?

sequencia?

nao a sequencia.

sigo esta

amar... pecar....... viver.......... feliz...... sofrer....... errar....... levantar..... viver...... voar....
0 PARA comentar

ParaReligiao

Quem a inventou
Deus? Deus se importaria com ritos, crencas.... Deus precisaria de religiao?
os pobres? uma esperanca, um unico pao, para uma multidao faminta, o milagre da multiplicacao?
Quem inventou a religiao?
os santos com inveja querendo ser adorados tambem por uma santa procissao?
QUEM a inventou e porque tanta gente a alimenta, será que ela da de comer, ou será que come o que pouco se tem?
Será o papa que a inventou? será os pastores, os missionarios, os rabinos?
uma pergunta sem respostas...
Quem a inventou
religiao crenca, mito ou rito?

religiao quem a criou?
vale uma opiniao?
acho que foi um ateu...
0 PARA comentar

PARAana

Juca foi embora.. nao deixou carta , nao deixou bilhete, nao quis esperar, seu amor esfriou, viu estradas mais interessantes e se foi.... nunca vi Juca, mas sonhava com ele toda noite, quando o vi pelo caminho da distancia chorei, pois minha liberdade estava indo...... o tempo foi cruel.... nao tivemos tempo......... de andar descalço na grama... de contar estrelas....... de dormir abracados, nao tivemos tempo de dividir um sorvete.... de ter filhos..... Joao e Maria......... de ver o por do sol........... nao tivemos tempo de nos entregar.... de ver o vento passear...... nao tivemos 300 anos........... mas tivemos tempo pra sonhar.......... pra acreditar que ia dar certo......... pra nos olhar e sentir a presença do outro.
jUca se foi, mas abriu minha gaiola, sai comecei a voar, esbarrei um muros , feri minhas asas, mas estou voando, nao avistei a rota de Juca e nem quis, pois quero fazer a minha , .... a rota de Ana..... o ovo da fenix finalmente quebrou e dele saiu ana, que demorou a aprender a voar, mas q avista com lagrimas nos olhos novos horizontes..
 
;