diHITT - Notícias PARAneura: Março 2012
quarta-feira, 21 de março de 2012 6 PARA comentar

PARA hoje

Hoje eu queria tanta coisa.  Quando acordei queria continuar dormindo o dia todo.
 Tem dias que os tons de cinza rabiscam toda uma aquarela feita a tantos e tantos outros dias.
 Dizem que esquecer faz parte da cura..... as vezes estar doente faz parte do processo.
 Será que  estar assim é mesmo necessário? Ou é um desejo meu? O estado dos meus versos, o estado da composição de minha prosa intima, o estado da minha incapacitância  diante de um novo pôr do sol.
Me perco dentro das minhas próprias linhas, me procuro e  grito onde está minha identidade? Escuto vozes que me remetem a um pedaço de papel, olho-o e ele não  diz quem sou, ninguém me disse o que eu deveria ser. Em tantas opções  eu me  perco. Queria é dizer palavras... mas que palavras nunca foram ditas. Queria ser tanta coisa, mas me reservo em um canto da sala quieta esperando alguém me içar para cima, me levar para o norte. Dizem que  lá é igual a todo lugar, mas queria um lugar no norte..... me leva?   me espera  até que eu possa chegar? Me dê um lugar para poder descansar. E não  me mande dormir.. passei a vida toda fazendo isso.
domingo, 4 de março de 2012 5 PARA comentar

PARA umas idéias tortas


Sempre penso porque escrevo, as ideias percorrem meus pensamentos tão rapidamente que antes mesmo que  eu as racionalize, elas já estao na ponta dos meus dedos seja no digitar ou no escrever a tinta.
 Penso o que me  move...
   Deveras que seja a felicidade, o amor correspondido, a alegria.
 No meu escuro é que me acho, me agacho e fico ali  como clarice fazia.
 Melhor estar triste do que está vazio, o vazio não inspira, ele te reduz, te poê como pó entre todos os outros.
 Mas quando estou triste, seja por um amor que  não era amor, pelo fracasso ou pelo vicio de simplesmente estar triste, as coisas  maximizam-se,  ficam tão intensas e brutas que a gente treme e estremece.

 Já vi gente com preguiça de sorrir, "--melhor uma cara emburrada do que um sorriso  aberto", este gasta mais arte,  mais brilho.
 Na verdade não gosto de estar triste, mas a felicidade não existiria sem ela não, um duo  do triste e alegre.
Sabe , acho que a tristeza é realmente necessaria, dou forma a minha dor com essas letras e no final acabo transpondo meus limites mais intimos.
 Viver é um exercicio de curar-se a cada minuto,
 Fere-se por tudo e estar ferido requer um ar triste.
 REGRA?
  Haa não existe regra para sentimentos, apenas se sente e pronto.
Tem gente que se mata, tem gente que bebe, tem gente que escreve.
 Minha rima não esta pronta e nunca será perfeita, minha tristeza é torta e me faz compor traços que às vezes nem eu os reconheço, as vezes eu não me reconheço.
 Estou aqui, na madrugada em meio a escuridao e um ponto de luz me remete a pensar, a desejar estar melhor amanha, mas feliz, plena sem palavras, sem letras.
 
;