diHITT - Notícias PARAneura: PARA um dia de utopia
quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

PARA um dia de utopia



Utopia tem como significado mais comum a idéia de civilização ideal, imaginária, fantástica. Pode referir-se a uma cidade ou a um mundo, sendo possível tanto no futuro, quanto no presente, porém em um paralelo. A palavra foi cunhada a partir dos radicais gregos οὐ, "não" e τόπος, "lugar", portanto, o "não-lugar" ou "lugar que não existe".
O "utopismo" consiste na idéia de idealizar não apenas um lugar, mas uma vida, um futuro, ou qualquer outro tipo de coisa, numa visão fantasiosa e normalmente contrária ao mundo real. O utopismo é um modo absurdamente otimista de ver as coisas do jeito que gostaríamos que elas fossem.




QUE POR HOJE SEJAMOS UTÓPICOS!



   Nunca vi primavera, dizem que é perfumada, flores exalam um cheiro particular.

 Filmes trazem pessoas felizes e cantando pela rua anunciando que ela chegou.

 A tristeza acaba e as dores vão sumindo na proporção que as flores desabrocham

 Na primavera não tem choro, nem ninguém morre.
  São todos amigos e saem de suas casas para saudar o dia

 Um calor aquece a alma e a faz vibrar como em nenhuma estação.

 Enfim todos são felizes e não disputam nem fazem contendas... não é tempo disso.. é primavera.
 Primavera os meninos brincam..

 Primavera as moças se arrumam
 Primavera os namoros  são românticos... os corpos se fundem..
 Primavera a mulher finalmente abraça aquele que chega

 Primavera a senhora serve o jantar e vê os seus juntos
 Primavera a mãe ensina a filha a sonhar e o pai carrega o filho nas costas sorrindo

 Primavera o senhor senta pra contar historias e a molecada não vê a hora da próxima começar
 Primavera há tempo para ver o sol nascer e se pôr

 Primavera casam-se os apaixonados
Primavera nascem  flores e gentes com o mesmo encanto
Primavera somos só nós e as flores.
Primavera é o tempo e a felicidade


 Nunca vi primavera, dizem que é o melhor tempo. Espero ansiosa para poder ver antes que o tempo acabe e eu só tenha nos olhos a lembrança do inverno.

8 PARA comentar:

aRTISTA e aRTEIRO - Rubem Leite disse...

Oi!
Utopia que significou lugar que não existe se tornou aquilo que podemos fazer.

Parabéns! Todo o texto é uma delícia.

alex disse...

saudade de vc tmb linda

lindo o texto amei

R. R. Barcellos disse...

O primeiro passo para tornar realidade uma utopia é colocar nossos sonhos e desejos ao nível do consciente, e a melhor forma é escrever sobre eles. Você deu esse passo. Sua primavera está mais próxima, mais sólida, mais real. Já não é um simples sonho, perdido nas brumas do subconsciente. Nessa nova roupagem, ele encontrará irmãos que se vivificarão mutuamente. Parabéns.
Abraços PARA você, gestante de sonhos belos!

Diogo Rocha Braga disse...

Paz
Respeito
Intelegência
Mágica
Amor
Vida
Esperança
Respeito
Amizade,

São os Sonhos de uma bela estação.Em um belo jardim estão lembranças de uma bela história,O encontro do cravo e a rosa,os corpos se fundem,é o tempo da felicidade.

Cronollogias disse...

Amo a primavera por isso, sempre escolhi essa estação, como tudo o que eu queria. E tu, trás mais essa alegria,porque tua poesia é assim, uma alegria que a gente sente sem precisar ver,mas tua imagem consente que é bem assim, me sinto alegre por isso.
Obrigado por essa poesia e a visita.
Beijo no coração.

alex disse...

Acredito, como filosofo de formação, que Utopias são possíveis quando determinamos nosso presente projetando o que ainda não temos. Futuro.

Não sei se a primavera chega quando estamos dormindo ou quando estamos acordado. O certo que a verdadeira primavera chega sem pedir licença e harmoniza o coração com flores novas..
amei amei amei seu texto


beijos minha linda que planta uma primavera nese blog

Luiz de Aquino disse...

Ah! Também quero ver a Primavera!!!
(Essa Primavera).

Parabéns! Adorei!...

Alê disse...

Deixe-as entrar em seu coração,


Bjkas

Postar um comentário

PARA quem passar! Obrigada

 
;