diHITT - Notícias PARAneura: PARA iluminar
sexta-feira, 13 de maio de 2011

PARA iluminar

Sentada em um banco, em plena madrugada belorizontina; no mirante( um local turistico localizado próximo ao Palácio (casa) do Governador,recanto dos namorados e admiradores da natureza) onde se avista uma linda paisagem da cidade.
O vento forte toca meu rosto e rebate meus cabelos contra o rosto.
Por um instante ou varios deles, abri meus olhos e vi milhares de luzes lá em baixo, letreiros luminosos, gente se mexendo....... movimentos .. corpos, gentes...
A noite , tempo de dormir
A noite, tempo de escuridao.... tempo de se igualar.
Raças, ritos, gostos...
Gente dormindo
Gente acordando
Gente andando
Gente se amando
Gente se matando
Gente nascendo
Gente morrendo
Gente bebendo
Gente rezando
Gente comendo
Gente vendendo a comida,
Gente rindo
Gente pedindo silencio
Gente, gente, gentesssss
Eu la em cima pensando no que Deus pensaria se estivesse ali
Pensei ( ele vive aqui nesse mirante, olha para as luzes, o que pensa?)
Vi muitas luzes, luzes... gentes, sem cor, sem diferenciações, só piscavam.
Todos nós gentes.. luzes, carnes...corpos.... distintos, mais com os mesmos sentimentos, todos piscavam, piscavam....algumas luzes foscas, outras de brilho intenso, mas todas acesas piscando piscando batendo... batendo

2 PARA comentar:

Marcos Rafael disse...

Muito bom hein. Parabens Nathalia.

alex disse...

Gosto da sutileza do seus texto.As reticencias fazem um balé com a nossa mente.

Amei como sempre

Postar um comentário

PARA quem passar! Obrigada

 
;