diHITT - Notícias PARAneura: PARA morrer
quinta-feira, 7 de abril de 2011

PARA morrer


Se eu morrer hoje, não me tranque no caixão, pelo menos na morte quero poder respirar, pois na vida fiquei trancado na sala, no trabalho, na ordem, no que diziam que eu devia fazer.
Se eu morrer hoje não digam que eu era um homem bom, um bom moço.... morreu jovem, porque não era bom suficiente, falavam de mim e por causa de mim, e na verdade eu nunca quis ser bom.
Se eu morrer hoje não me vistam com terno preto, com corte de boa costura, nunca quis me vestir assim, queria regata e bermuda jeans.
Se eu morrer hoje não joguem terra encima de mim, eu mesmo joguei terra em mim, desde a infância, joguei terra nos meus sonhos, meus planos, minha vida, meu encanto, enterrei minha loucura, meus devaneios mais doces e fui homem de orgulho, homem de Maria a santa, não de Madalena a pecadora.
Se eu morrer hoje não diga que fui feliz, não soltei pipa, não vi estrelas, não li um livro, mas diga pro meus filhos que eles ainda podem ser algo que quiserem ser sem ligar pra sua mãe.
Se eu morrer hoje não diga que era um homem de Deus, não vi Deus, não senti Deus, não cheirei Deus, na verdade não sei nem quem é Deus.
Se eu morrer hoje me jogue fora, em um abismo onde aja vento, pra ele bater no meu rosto e eu me sentir vivo de novo.
Se eu morrer hoje me deixe dormir, sem remédios, sem rivotril, amitriptilina, alcadil, citalopram. Deixe-me sóbrio, sem a paranóia de mim, sem as coisas que eu queria ter feito e não fiz.
Se eu morrer hoje me deixe apenas respirar e ouvir, só ouvir uma vez meu coração bater.

3 PARA comentar:

Evandro disse...

Maravilhoso, adoro seus porque são diferentes vc se expressa se solta sem regras, sem leis, sem aparências vc simplesmente escreve.
É bom ler o que vc escreve, admito não gosto muito de ler, li poucos livros, mas leio o q gosto e concerteza adoro ler seus posts.

calebebastos disse...

Lindo! Adorei, o que adianta viver para os outros? O que adianta ser exemplo? A única coisa que importa e ser feliz, ter realizado seus desejos enquanto esteve viva, para que nos últimos dias, a morte seja simplesmente morte, e não uma libertação de um sofrimento.

Wolf ☣ disse...

Singelo comentário, mas verdadeiro: gostei muuuuuuuuuuuito do seu texto. Na verdade achei genial!

Postar um comentário

PARA quem passar! Obrigada

 
;